Preocupações Produtivas e Improdutivas

By 12 de julho de 2016Sem categoria

Todos nos preocupamos com alguma coisa parte do tempo. A questão é se a atual preocupação é produtiva ou improdutiva.

594333-A-preocupação-exagerada-prejudica-o-desempenho-do-indivíduo-em-várias-situações.-Foto-divulgação

Preocupação produtiva é aquela que leva a uma ação concreta, específica, plausível e com razoável chance de acontecer. Improdutiva é simplesmente a preocupação com alguma coisa possível, que pode acontecer, mas extremamente improvável.

Vamos imaginar que você esteja começando uma viagem de 1,200 km. Você pode começar a viagem com preocupações produtivas como: “Será que tenho gasolina suficiente? Verifiquei o óleo? Conheço o caminho? Terei tempo suficiente para chegar lá?”. Todas essas são preocupações uteis, pois são prudentes: elas são focadas em eventos ou problemas que têm probabilidade razoável de ser relevante para a viagem, podem causar dificuldades se não forem examinadas e , o mais importante, conduzem a solução de problema. Em contraste, suponha que o seu fluxo de pensamento siga a seguinte direção: “E se eu tiver um ataque cardíaco enquanto estiver dirigindo? E se os pneus explodirem na estrada? E seu eu for sequestrado?” Todas essas preocupações descrevem algo possível, mas extremamente improvável, estão enunciadas em termos catastróficos e referem-se a coisas sobre as quais você tem muito pouco controle.

Quer saber se sua preocupação é improdutiva ou produtiva? Responda as perguntas a seguir que irão lhe ajudar a descobrir.

  1. Isso tem probabilidade muito pequena de acontecer?
  2. Que previsão estou fazendo?
  3. Que problema precisa ser resolvido?
  4. Que ações específicas posso pôr em prática?
  5. Essas ações parecem razoáveis?
  6. Estou me preocupando com coisas as quais tenho pouco ou nenhum controle?
  7. Esta é uma preocupação produtiva ou improdutiva?
  8. Por que ou por que não?

 

 

 

 

Texto retirado do livro Técnicas de Terapia Cognitiva do Robert L Leahy

Junior Bardi

About Junior Bardi

Psicólogo formado pelo Centro Universitário de Maringá (UniCesumar), especialista em terapia cognitiva pelo CTC Veda (cursando), Coaching pela International Association of Coaching Institutes (ICI), certificado de hipnose clínica pela International Hypnosis Association (IHA) e curso de existencialismo pela PUCPR, atua com terapia cognitivo-comportamental no tratamento de ansiedade, depressão, síndrome do pânico, estresse, fobias e ministra palestras em Maringá e região. CRP 08/21391

Comentários no Facebook